As Quinze Seleções vão chegando a Lagos

Desde sábado, 24 de junho, que as seleções participantes no Europeu de Lagos/2017 começaram a chegar à capital europeia da Patinagem de Velocidade, preparando o ataque aos 70 títulos europeus em disputa e às 210 medalhas que irão ser entregues desde domingo, 2 até sábado 8 de julho.

Nota de imprensa

Portugal foi a primeira seleção a chegar, antes alguns integrantes da seleção belga já treinavam em Lagos. No domingo chegou a Alemanha, uma das maiores comitivas, com trinta e três patinadores, entre eles o campeão mundial de 300m contra relógio – Simon Albretch.

A competição terá três escalões e os dois géneros, nas variantes de Pista, dias 2 a 4 de julho, Escola Secundária Júlio Dantas, Circuito de Estrada, dias 6 e 7, Escola Básica das Naus e por fim a maratona, dia 8 de julho, no Autódromo Internacional do Algarve, na estreia da Patinagem neste espaço.

Antes das competições teremos os treinos oficiais na Pista, na quinta, sexta, durante todo o dia e sábado de manhã, onde o público poderá comprar os ingressos para a competição. No Sábado à tarde, o público lacobrigense e todos os fãs das equipas, poderão assistir ao desfile das quinze seleções e dos 262 patinadores inscritos e ficar a conhecer os rostos das vedetas que estarão em Portugal, a mostrar a espetacularidade desta modalidade que fará parte dos Jogos Olímpico da Juventude, em Buenos Aires 2018.

Neste momento e após o conhecimento dos patinadores participantes, o público pode centrar as atenções naqueles que serão os maiores candidatos, no escalão mais competitivo, os Seniores.

Nas provas de Velocidade, e no setor masculino, 300m, 500m e 1Km em Pista, 100m e 1 volta em estrada, os principais candidatos aos títulos europeus e às três medalhas, ouro, prata e bronze, em cada distância serão:
Simon Albrecht, ALE, – Campeão Mundial de 300m e Bi Campeão Europeu de 300m e 1 volta, a estrela mais brilhante, deverá ser confrontado por Ioseba Fernandez, ESP, Vice Campeão Mundial e Campeão Europeu de 100m e pelos irmãos franceses Daren e Edwin De Souza, pelos italianos Andrea Angeletti e Ricardo Passaroto, os holandeses GerrieVan Lingen e Rick Scipper, sem esquecer o 2º classificado do ranking da Taça da Europa de 2017, o português e lacobrigense Diogo Marreiros, a competir em casa, com o forte apoio do público.
No setor feminino, Laethisia Schimek, ALE, bi campeã europeia de 100m e 500m, Vanessa Bittner Herzog, AUT, Vice campeã europeia de 100m, as belgas, Sandrine Tas, campeã europeia de 300m e Stein Vanhoutte, vice campeã europeu de 300m e recordista de 300m da Pista de Lagos., a espanhola Sheila Posada, Vice Campeã Europeia de 500m, as italianas Francesca Lollobrigida, Campeã Mundial e Europeia de 1Km e Giulia Bongiorno, serão aquelas onde as atenções se vão centrar.

Nas provas de Fundo, 10/15Km a eliminar e Pontos+Eliminar em Pista, 10/15 e 20Km em estrada, e a Maratona, aqueles que irão lutar pelos títulos europeus e às subidas ao pódio, serão:
Bart Swings, BEL, Campeão Europeu de 20Km, considerado por muitos, o melhor fundista do mundo, recordista mundial 1K e de maratona, é considerado o candidato inatingível.
Os seus maiores opositores serão os portugueses Diogo Marreiros, bronze no último mundial nos 10Km P e Martyn Dias, 2º na Taça da Europa de Fundo em 2016, ambos a competirem em casa, o alemão Felix Rijhnen, Campeão da Europa de maratona em 2014, Patxi Peula, ESP, Campeão Mundial de 10Km P/E em 2014, vencedor do Terras do Infante em 2017, profundo conhecedor da Pista em Lagos, os franceses Nolan Beddiaf, Timothy Loubineaud e Quentin Giraudeau, os holandeses, ex-Campeão Mundial e Campeão Europeu de Maratona, Crispjin Ariens e Gary Hekman, e por fim os mais ameaçadores, Stefano Mareschi, Campeão Europeu de 15Km e ex-campeão mundial e Daniel Niero, ambos a representar a squadra azurra.
No setor feminino a principal candidata a todos os títulos será a super campeã italiana, Francesca Lollobrigida, Bi Campeã do Mundo e Tri Campeã Europeu em título, quem lhe poderá fazer frente? talvez a belga Sandrine Tas, Tri Campeã Europeia, a francesa Maelann Le Roux, bronze na maratona e a holandesa Manon Kaminga, vice campeã europeu de 20Km.

Aguarda-se por saber o nível de forma dos patinadores, o que poderá já ser observado nos treinos oficiais.

A Itália, presente com 48 patinadores (a maior delegação) foi o país dominador dos últimos europeus e também nos escalões de Juniores, B e A, tendo obtido 71 medalhas e 29 títulos nos Europeus de 2016 em Herde / Holanda, com 3044 pontos e espera-se que volta a dominar.
Holanda, 13 títulos, 37 medalhas e 2386 pontos, em 2016, Alemanha, 10, 24 e 1767, França 9, 44 e 2841 , Bélgica, 6, 18 e 1441 e Espanha, 3, 11 e 1443 foram os seis países que tiveram patinadores campeões europeus e deverão ser também os dominadores em Lagos/2017.
Portugal, a competir em casa, com 19 patinadores tentará melhorar o 9º lugar do ranking em 2016, e aumentar o número de medalhas alcançadas, apenas 1 de bronze em 2016.

Paulo Batista
Coordenador Técnico Roller Lagos C.P.

By | 2017-06-28T23:21:42+00:00 Junho 26th, 2017|Geral|0 Comments

Leave A Comment